quinta-feira, outubro 26, 2006

Hora de tirar a poeira do Blog tao amado, vixe!!!!! Está até com teias de aranhas, que coisa mais feia dona Karla, deixar assim tao abandonado esse cantinho que somente te faz sorrir, que te acalma o coracao... Terrível isso!!!
Aiaiaiaiai!!!!!!!!
Pois bem, nao foi por falta de inspiracao........
nao foi falta de vontade também.....
Foi entao, um nao sei o "que" que atualmente me toma, uma coisa como nao conseguir se concentrar numa idéia apenas, sinto minha mente mais louca que o normal, kkkkkkkkkk correndo da esquerda para a direita sem um ponto fixo, nossa!!! Tudo junto, medo, ansia, curiosidade, enfim, deixemos de lero lero, quero mesmo é voltar a escrever aqui, kkkkkkkkkk
*************************
Novidades:
A yasmin esta quase com 3 kilos, ai que linda!!!
Gregor continua no Mexico, mas voltara em breve....
Eu cada dia mais hipopotama, e agora com anemia, somente o que me faltava mesmo.
A demônio loira de olho azul, vulgo sogra, concorrente a adminuistradora do caldeirao do chefe da maldade, made in hell, esta cada dia pior, e nao coopera, mas decidi ignorar e seguir...
Com tudo "quase" pronto para a chegada da bailarina, fico cada dia mais ansiosa esperando o desabrochar da minha flor...
A Pressao Arterial deu uma folga, agora passou a bola da vez para a placenta que calcificou e nao tem água o suficiente.
Yasmin ta sentadinha, e ao que tudo indica nao vai e nem quer virar, lá vai a hipopotama migrar para a cesária, e eu queria tanto ter o parto na água, snifff!!!
Minhas novidades nao sao assim tao novidades, kkkkkkkkkkkkkk, mas na vida de uma hipopotama que esta assim meio que condicionada a ficar em casa, nao acontece muita coisa de interessante, entao fico atada aos fatos do dia a dia, contudo prometo que logo que puder estarei cheia de news interessantes.
**********************************
Desejo para ela....
Era a primeira vez que ela se despia de si mesma, e se via assim, tao nua de pudores e vontades... Há tempos seu medo de entregar-se fazia com que ela ficasse parada , inerte no tempo, vendo a vida passar sem vida, vendo o sol despedir-se sem calor, e cativa de seu pavor, escrevia apenas palavras triste nas paginas brancas de paixao das suas entranhas... Até que um dia resolveu olhar seu medo, companheiro de tantos aisss, e viu que "ele", antes enorme e amedrontador, era menor do que ela fantasiava nos seus devaneios de mulher que se acostumou a mandar passar a frente o que recebia de bom, seja da vida ou do outro, e se deu conta do tempo perdido , do seu medo de tentar, de ousar ser feliz, de entregar-se a si mesma à outrem, e foi entao que se viu despida, frente a frente a sua alma, que já sedenta de muito tempo se descobria, nesse momento, livre, e que alivio, sentir se a dona de si mesma, de sua estrela e estrada, é fato que demorou a ver, mas viu e agora , desperta, alforiada por decreto próprio, resolveu viver, viver a vida, o amor e a maternidade.
Seja feliz, entao...
Beijos a todos e em breve minhas news...
amo-os!!!!

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial